Fala Brasileiro Oito a cada dez brasileiros se dizem seguros para fazer PIX, aponta estudo

Oito a cada dez brasileiros se dizem seguros para fazer PIX, aponta estudo

Relatório exclusivo do Real Time Big Data também revela que a medida para limitar transações em determinados horários tem o apoio de 88% dos usuários

Estudo feito pelo Instituto Real Big Data mostra a relação do brasileiro e o PIX

Estudo feito pelo Instituto Real Big Data mostra a relação do brasileiro e o PIX

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Neste mês de novembro, o PIX (meio de pagamento digital e instantâneo) completou um ano com crescimento de 3.000% no Brasil e 7 bilhões de transferências, segundo dados do Banco Central.

Com a proposta de democratizar as transações, o PIX caiu no gosto dos brasileiros. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Real Big Data, entre os dias 23 e 24 de novembro de 2021, a experiência com o meio de pagamento instantâneo é positiva para 88% dos entrevistados e 33% usam semanalmente.

O estudo aponta que 81% se dizem seguros com o sistema e apenas 1% admite ter caído em algum tipo de fraude envolvendo o PIX.

Porém, ainda existem usuários inseguros com o sistema. Entre os entrevistados, 31% admitiram ter usado poucas vezes no último ano e 21% revelaram que já fizeram um PIX errado para algum destinatário.

Mesmo com golpes crescentes envolvendo o meio de pagamento, 99% nunca sofreram violência por conta do PIX, mas 33% ficaram mais receosos com relação a sequestro-relâmpago após o surgimento do sistema no Brasil.

A medida que limitou o valor de R$ 1.000 para transferências via PIX, entre 20h e 6h, tem o apoio de 88% dos usuários.

Com relação ao valor médio das transações, 43% têm o hábito de fazer PIX abaixo de R$ 100 e 40% costumam fazer transferências ou pagamentos entre R$ 100 e R$ 500. 

Veja o infográfico com os dados completos do estudo feito pelo Instituto Real Time Big Data:

Estudo do Instituto Real Big Data mostra a relação entre o brasileiro e o pix

Estudo do Instituto Real Big Data mostra a relação entre o brasileiro e o pix

Arte R7

Últimas