Ação conjunta da PF e do Ibama combate tráfico internacional de marfim em SP

Comércios e residências de São Paulo são alvos de uma ação da Polícia Federal e do Ibama, no combate ao tráfico internacional de marfim, que é a matéria prima que forma os dentes de elefantes. São 11 mandados de busca e apreensão que são cumpridos na capital. Os endereços são ligados a pessoas que supostamente importam, compram e comercializam obras de arte a base de marfim.  Essa modalidade criminosa mata ao menos 50 mil elefantes todos os anos ao redor mundo.