Acusado de liderar facção criminosa é solto após habeas corpus do STF

Um dos líderes da maior facção criminosa do país, que havia sido preso no ano passado em uma mansão de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, André do Rap recebeu um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal e foi solto. Ele também é acusado de chefiar um esquema de envio de drogas para a Europa.