Fala Brasil Amigas encontradas mortas em rodovia podem ter sido vítimas do crime organizado

Amigas encontradas mortas em rodovia podem ter sido vítimas do crime organizado

As vítimas estavam desaparecidas desde o dia dois de junho, depois de irem a uma casa noturna na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo

Julia Renata, de 25 anos, e Claudia Cristina, de 35, estavam desaparecidas desde o dia dois de junho, depois de irem a uma casa noturna na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo. Elas foram encontradas mortas no acostamento do Rodoanel Mario Covas. A polícia investiga se as amigas foram assassinadas por ordem do crime organizado.

Últimas