Após nove meses preso, idoso é solto após provar sua inocência

Um idoso passou nove meses na prisão, acusado de ser um dos integrantes de uma quadrilha que sequestrava e roubava clientes na hora em que eles saiam de agências bancárias. Mas, sua família acreditando na sua inocência, contratou uma perícia particular, que identificou várias falhas na investigação e conseguiu comprovar que o idoso não havia cometido crime nenhum. Para assistir ao Fala Brasil na íntegra, acesse o PlayPlus.com