Fala Brasil Após prisões na Fifa, polícia vai investigar escolhas das sedes das Copas

Após prisões na Fifa, polícia vai investigar escolhas das sedes das Copas

Sete dirigentes da Fifa, dentre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin, foram presos na madrugada desta quarta-feira (27) em um hotel de Zurique, na Suíça. Eles e mais sete executivos do esporte foram indiciados por corrupção. Todos foram por anos investigados pela polícia norte-americana, que descobriu o pagamento de propinas que chegam a US$ 150 milhões. Em uma investigação paralela, a polícia agora quer saber como foram feitas as escolhas das sedes das Copas de 2018 e 2022, na Rússia e no Catar, respectivamente. Oficiais já foram à sede da Fifa e recolheram documentos e computadores.