Fala Brasil Autoridades argentinas acreditam em sabotagem após vacina russa ser descartada

Autoridades argentinas acreditam em sabotagem após vacina russa ser descartada

400 doses da vacina Sputnik V, contra o novo coronavírus, tiveram que ser descartadas depois de ficarem fora de refrigeração, na Argentina. As doses estavam armazenadas em um hospital a 350 quilômetros da capital, Buenos Aires. Segundo o diretor do local, a transmissão da câmera de segurança foi cortada na madrugada e parou de monitorar a região do freezer. O estabelecimento também registrou uma movimentação estranha durante a noite. Por isso, as autoridades que investigam o caso acreditam que tenha sido um crime de sabotagem.

Últimas