Fala Brasil Caso Henry: Agressões ao menino teriam começado 4 horas antes da morte

Caso Henry: Agressões ao menino teriam começado 4 horas antes da morte

O laudo aponta que a criança teve 23 lesões pelo corpo e descarta qualquer tipo de acidente doméstico

O Fala Brasil teve acesso às imagens da reconstituição da morte de Henry Borel, feita no apartamento onde a criança morava com a mãe Monique Medeiros e o padrasto, o vereador Doutor Jairinho. O laudo aponta que o menino teve 23 lesões pelo corpo, descarta qualquer tipo de acidente doméstico, afirma que Henry já saiu morto da residência e que pode ter sido agredido várias vezes até ter o fígado rompido.

Últimas