Fala Brasil Caso Henry: Diarista revela que Monique Medeiros dava remédios controlados para o filho

Caso Henry: Diarista revela que Monique Medeiros dava remédios controlados para o filho

A polícia quer saber se os medicamentos eram receitados pelo padrasto, o vereador Doutor Jairinho, já que ele é médico

A irmã do vereador Doutor Jairinho, suspeito pela morte do menino Henry Borel, e a diarista que trabalhava na casa onde o menino morava com a mãe e o padrasto foram ouvidas ontem (14) pela polícia. Thalita Fernandes de Souza é suspeita de ter coagido a babá Thayná Ferreira a mentir no primeiro depoimento. Já a empregada doméstica Leila Rosangela revelou que Monique Medeiros dava remédios ansiolíticos para o filho três vezes ao dia. Os novos advogados de Monique querem que ela preste um novo depoimento sobre o caso.

Últimas