Fala Brasil Cerimônias religiosas presenciais seguem liberada pelo STF

Cerimônias religiosas presenciais seguem liberada pelo STF

Prefeito de Belo Horizonte havia afirmado que não seguiria decisão de ministro do STF

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, recuou e suspendeu a ficalização da realização de cultos religiosos na capital mineira, que estão autorizados por decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Kássio Nunes.

Últimas