STF

Fala Brasil Cerimônias religiosas presenciais seguem liberada pelo STF

Cerimônias religiosas presenciais seguem liberada pelo STF

Prefeito de Belo Horizonte havia afirmado que não seguiria decisão de ministro do STF

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, recuou e suspendeu a ficalização da realização de cultos religiosos na capital mineira, que estão autorizados por decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Kássio Nunes.

Últimas