Fala Brasil Em votação apertada, STF barra reeleição de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre

Em votação apertada, STF barra reeleição de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre

O Supremo Tribunal Federal proibiu a reeleição dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado no ano que vem. Os ministros do STF decidiram que Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Davi Alcolumbre, presidente do Senado, não poderão ser reeleitos dentro de uma mesma legislatura. A atual legislatura começou no ano passado e se estenderá até o começo de 2023. O STF julgou uma ação, movida pelo PTB, que pedia que fosse proibida a reeleição com base no artigo 57 da Constituição que prevê mandato de dois anos para os presidentes da Câmara e do Senado, sem a possibilidade de candidatura ao mesmo cargo na eleição seguinte. Sete ministros votaram contra e quatro a favor de uma eventual reeleição de Rodrigo Maia. Em relação a Davi Alcolumbre, o placar foi bem apertado: seis votos contrários e cinco favoráveis a uma eventual reeleição.

Últimas