Grupo entra em confronto com a PM após protesto por morte de jovem em SP

Protestos e vandalismos marcam a noite da última segunda-feira (10) na capital paulista. Após dois ônibus serem incendiados, a tropa de choque da PM foi chamada e precisou usar bomba de efeito moral. O grupo protestava contra a morte do jovem, de 19 anos, baleado por policiais militares, no dia do aniversário. O protesto pela morte do Rogério Ferreira Júnior, começou pacífico, só que vândalos se aproveitaram do momento e atacaram os coletivos.