Home office pós-pandemia: como as empresas e funcionários estão se adaptando

120 mil servidores municipais foram autorizados a trabalhar em home office, pela Prefeitura de São Paulo. E três em cada dez empresas que adotaram esta opção para os funcionários durante a pandemia do coronavírus, pretendem manter este método, mesmo depois da pandemia. Resultado: muitas empresas já estão entregando os imóveis alugados e diminuindo seus custos.