Homem que sexualizou praticante de yoga é investigado por incitar a violência contra à mulher

A Polícia Civil investiga a divulgação de um novo vídeo em que um empresário incita a agressão à mulher. Ele já é conhecido por publicar imagens de praticantes de ioga, no Rio de Janeiro, com comentários pornográficos. A delegada Valéria Aragão, que investiga o caso, disse que o inquérito policial está em andamento. Já o empresário Ricardo Roriz disse à polícia que postou os vídeos porque queria apenas ser engraçado.