Hospital com paredes trincadas pode ser interditado em Recife

O Hospital Estadual Getúlio Vargas é referência em ortopedia e atende, em média, 2,7 mil pessoas na emergência e outras 20 mil no ambulatório por mês. Os funcionários do local estão proibidos de trabalhar em três blocos do hospital depois que a Defesa Civil apontou que os setores são áreas de risco. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com