Fala Brasil Justiça nega liminar e mantém fechamento de estabelecimentos em SP

Justiça nega liminar e mantém fechamento de estabelecimentos em SP

A Justiça negou o pedido de liminar feito pelos lojistas de São Paulo que queriam a autorização judicial para funcionar nos dias entre o Natal e o ano novo, mas a decisão foi negativa para os lojistas. Desta sexta-feira (25) até o dia 27 e do dia 31 a 3 de janeiro, somente os serviços essenciais poderão funcionar em São Paulo. Isso foi uma das medidas adotadas pelo governo do estado para evitar a disseminação do coronavírus.

Últimas