Tóquio 2020

Fala Brasil Levantadora de peso filipina Hidilyn Diaz supera pobreza e bate recorde olímpico para a categoria

Levantadora de peso filipina Hidilyn Diaz supera pobreza e bate recorde olímpico para a categoria

A perseverança rendeu à atleta nada menos do que uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Nascida em uma família pobre, Hidilyn Diaz ajudava o pai a vender verduras e peixes na feira e sonhava em trabalhar num banco para sair da pobreza. Foi aos 11 anos que ela começou a praticar levantamento de peso usando canos de plástico e material de concreto dentro de latas velhas. A perseverança rendeu à atleta filipina nada menos do que uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ao levantar 224 quilos, Hidilyn ainda bateu um recorde olímpico para a categoria.

Últimas