Maior contrabandista de cigarro do Brasil está preso em Curitiba

Luiz Henrique Boscatto foi entregue pelas autoridades paraguaias para a Polícia Federal brasileira na Ponte de Amizade, em Foz do Iguaçu. Ele foi transferido para a sede da PF de Curitiba, onde aguarda decisão da Justiça sobre o local em que vai começar a cumprir a pena. Ele foi condenado a 36 anos de prisão por comandar uma quadrilha de contrabando de cigarros e outros produtos. Boscatto fugiu para o Paraguai e só foi preso em março do ano passado. Desde então aguardava o processo de extradição para o Brasil, que foi concluído no fim de semana. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com