Fala Brasil Ministério Público denuncia três suspeitos por tortura de menino acorrentado

Ministério Público denuncia três suspeitos por tortura de menino acorrentado

O pai da criança responderá ainda por abandono intelectual, já que não matriculou e nem manteve o filho na escola durante o ano passado

O Ministério Público de São Paulo denunciou três suspeitos de torturar um menino de 11 anos, que era mantido acorrentado dentro de um barril na casa da família em Campinas, interior paulista. O pai do menino, a madrasta e a filha dela vão responder por crime de tortura.

Últimas