Fala Brasil Motoristas e cobradores de ônibus pedem para entrar no grupo prioritário de vacinação

Motoristas e cobradores de ônibus pedem para entrar no grupo prioritário de vacinação

Segundo o sindicato da categoria, mais de 130 motoristas, cobradores e fiscais morreram de covid-19 na capital paulista e mais de 2 mil foram infectados

O Brasil superou, pela primeira vez, a marca de 4 mil mortes em um único dia por causa da covid-19. O aumento no número de vítimas da doença deixa motoristas e cobradores ainda mais preocupados com as aglomerações que se formam todos os dias nos ônibus. Com medo da contaminação, a categoria pede para entrar no grupo prioritário de vacinação.

Últimas