Países do mundo todo oferecem auxílio após explosão no Líbano

A explosão em Beirute teve ampla repercussão internacional. Uma rede de televisão americana noticiou que as atividades do grupo extremista Hezbollah, na área portuária, estão sendo investigadas. O presidente americano Donald Trump se referiu ao incidente como um terrível ataque e afirmou que os Estados Unidos estão prontos para ajudar o Líbano. A Casa Branca anunciou que monitora a situação de perto.