Fala Brasil Profissionais de saúde e familiares denunciam falta de oxigênio em UPA de SP

Profissionais de saúde e familiares denunciam falta de oxigênio em UPA de SP

Dona Elza, de 69 anos, foi intubada e precisava ser levada com urgência para a UTI de algum hospital próximo, mas seu nome foi parar na lista de pacientes condenados à morte

Mesmo com o relato de profissionais de saúde e familiares de pacientes sobre os problemas no abastecimento de oxigênio em uma unidade de saúde da zona leste de São Paulo, a prefeitura da capital paulista nega a falta do insumo. Mas o núcleo de jornalismo investigativo da Record TV flagrou o entre e sai de ambulâncias, fazendo a transferência de doentes para outros hospitais. Dona Elza, de 69 anos, foi intubada e precisava ser levada com urgência para a UTI de algum hospital próximo, mas seu nome foi parar na lista de pacientes condenados à morte.

Últimas