CPI da Covid

Fala Brasil Representante de empresa que teria pedido propina em contrato de vacina é ouvido na CPI da Covid

Representante de empresa que teria pedido propina em contrato de vacina é ouvido na CPI da Covid

Os senadores estudam adiar o depoimento do líder do governo na Câmara, o deputado Ricardo Barros

A cúpula da CPI da Covid se reuniu para decidir os próximos passos das investigações. Uma das ideias discutidas pelos senadores é adiar o depoimento do líder do governo na Câmara, o deputado Ricardo Barros. Segundo fontes do jornalismo da Record TV, primeiro devem ser ouvidas outras pessoas que possam dar mais indícios de casos de corrupção, como Roberto Dias, que foi exonerado do Ministério da Saúde após ser acusado de cobrar propina na compra de vacinas, e Regina Célia Oliveira, servidora que assinou a autorização de compra da Covaxin. Nesta quinta-feira (1º) presta depoimento o representante da empresa Davati, que teria recebido pedido de propina.

Últimas