Fala Brasil Sedentarismo na pandemia afeta a saúde física e psicológica dos adolescentes

Sedentarismo na pandemia afeta a saúde física e psicológica dos adolescentes

A falta de atividade física e uma alimentação menos saudável pode provocar, além do aumento de peso, ansiedade

Um levantamento da Sociedade Brasileira de Urologia mostrou que, desde o início das restrições impostas pela pandemia, os adolescentes estão mais sedentários. Quase 60% deles dizem gastar mais de seis horas por dia nas telas de telefones, computadores e tablets. O dado assusta especialistas, que alertam: é preciso mais atenção com a saúde dos jovens. A falta de atividade física e uma alimentação menos saudável pode provocar, além do aumento de peso, ansiedade.

Últimas