Fala Brasil Suspeitos de organizar "golpe da pirâmide" e enganar ciganos têm prisão temporária prorrogada

Suspeitos de organizar "golpe da pirâmide" e enganar ciganos têm prisão temporária prorrogada

Eles convenciam vítimas a colocar dinheiro e ouro em uma suposta aplicação financeira que multiplicaria o patrimônio 

O pai e o filho suspeitos de organizar um “golpe da pirâmide” e enganar a comunidade cigana tiveram a prisão temporária prorrogada pela Justiça. Em reuniões, pai e filho convenciam as pessoas a entregar dinheiro e ouro numa suposta aplicação financeira que multiplicaria o patrimônio dos investidores. 

Últimas