Fala Brasil TJ-SP decreta quebra de sigilo telefônico de PMs envolvidos na chacina em Paraisópolis

TJ-SP decreta quebra de sigilo telefônico de PMs envolvidos na chacina em Paraisópolis

O Tribunal de Justiça de São Paulo quebrou o sigilo telefônico dos 31 policiais militares investigados pela ação em um baile funk em Paraisópolis, no ano passado. Nove pessoas morreram pisoteadas e 12 ficaram feridas. A decisão atendeu a um pedido do Ministério Público, que pretende denunciar os policiais por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Para isso, quer apurar se, além das comunicações pelo Centro de Operações da PM, o Copom, houve comunicação pelos telefones pessoais de cada um deles. Os policiais envolvidos na ação violenta estão em liberdade.

Últimas