A fúria do faraó

"A verdade é que a conta chega para todos, assim como todos têm direito de errar, todos têm que estar prontos para as consequências de seus erros"

"Foi fácil para o faraó culpar Abrão pelas pragas que sofreu em tomar Sarai para si, assim como é fácil culpar os outros pelos problemas que sofremos"

"Foi fácil para o faraó culpar Abrão pelas pragas que sofreu em tomar Sarai para si, assim como é fácil culpar os outros pelos problemas que sofremos"

Divulgação/Record TV

Foi fácil para o faraó culpar Abrão pelas pragas que sofreu em tomar Sarai para si, assim como é fácil culpar os outros pelos problemas que sofremos. Todo mundo gosta de dizer “errar é humano”, “atire a primeira pedra quem nunca errou”.  Agora, reconhecer as consequências de seus erros “tão comuns ao ser humano”, ninguém quer.

No capítulo de Gênesis desta quarta-feira (21), veremos a fúria do faraó, que em vez de reconhecer que tem sido um homem injusto ao tomar as mulheres dos outros, culpa Abrão por ter lhe enganado.

A verdade é que a conta chega para todos, assim como todos têm direito de errar, todos têm que estar prontos para as consequências de seus erros.

Sábio é quem não se dá o direito de errar, mesmo sabendo que nunca será perfeito. Sejamos justos para com todos, sejam eles justos conosco ou não, afinal, já basta sofrermos pela injustiça de todos, não precisamos sofrer também com os nossos próprios erros.

Últimas