A traição e os filhos

"A infidelidade não só destrói um casamento, mas toda uma família. Aquela história de o que importa é que 'nós não vamos deixar de amar nossos filhos' é o tipo daquela que se conta para o 'boi dormir'"

"Muitos casais pensam erroneamente que podem separar seus filhos de seu casamento, mas esquecem que um dia foram filhos também e como seus pais foram os primeiros a afetar seu olhar do mundo, do casamento e do sexo oposto"

"Muitos casais pensam erroneamente que podem separar seus filhos de seu casamento, mas esquecem que um dia foram filhos também e como seus pais foram os primeiros a afetar seu olhar do mundo, do casamento e do sexo oposto"

Divulgação/Record TV

A infidelidade não só destrói um casamento, mas toda uma família. Aquela história de o que importa é que “nós não vamos deixar de amar nossos filhos” é o tipo daquela que se conta para o "boi dormir". Sim, é "história da carochinha". Se amasse os filhos, não trairia a mãe ou pai deles!

Muitos casais pensam erroneamente que podem separar seus filhos de seu casamento, mas esquecem que um dia foram filhos também, e como seus pais foram os primeiros a afetar seu olhar do mundo, do casamento e do sexo oposto. A decepção é tão grande que uma criança normalmente não consegue expressá-la com palavras, e sim, no comportamento. É por isso que tantas crianças fazem bullying, no fundo, estão machucadas e acabam precisando machucar outras.

A criança sofre mais do que podemos imaginar, é como se seu maior herói se revelasse ser um bananão, que só pensa em si mesmo. O que isso fala dela como seu filho? O que esperar das demais pessoas no mundo se o seu super-herói é um fake? Que tipo de homem ou mulher ela vai ser agora que descobriu que não existem heróis nem heroínas no mundo?

A bagunça psicológica e emocional é tão grande que muitos crescem, amadurecem, envelhecem e ainda assim não conseguem se curar dela.

Só quem já passou por isso entende.

Mas vamos esquecer de como sofremos quando nossos pais se divorciaram. Vamos pensar que nossos filhos serão mais fortes, é só repetirmos o que ouvimos de nossos pais e cruzar os dedos para que eles não trilhem os mesmos caminhos que trilhamos. Só que não.

Últimas