Lições sobre Agar e Ismael no deserto

"Deus não é como nós. Ele não se magoa, não pune, não engana, não mente, nem muda. Ele não espera o último minuto para salvar-nos, como os policiais nos filmes"

Agar achou que Deus havia a abandonado, já que foi expulsa do acampamento

Agar achou que Deus havia a abandonado, já que foi expulsa do acampamento

Reprodução/Record TV

No capítulo de Genesis desta última terça-feira (8), vimos Agar e Ismael sendo socorridos por Deus no deserto quando quase morriam de sede. Deus ouviu o clamor de Ismael, mas e Agar? E por que só ouviu no último momento, quando já não aguentava mais? E o que foi aquilo de Agar estar na frente da fonte de água e não a enxergá-la?

Agar, embora já tendo uma experiência anterior com Deus parecida, provavelmente estava achando que Deus havia a abandonado, já que foram expulsos do acampamento de Abraão. É muito comum o ser humano pensar assim quando tudo dá errado, como se Deus estivesse os punindo de alguma forma. Mas isso é porque  O veem como a si mesmos – Agar já tinha  abandonado Sara pelo menos uma vez, e a punia com a distância que promoveu entre ela e Ismael. Agar pensou que Deus estava fazendo o mesmo com ela.

Mas Deus não é como nós. Ele não se magoa, não pune, não engana, não mente, nem muda. Ele não espera o último minuto para salvar-nos, como os policiais nos filmes, Ele espera que venhamos clamar por Ele e como decepcionantemente só o buscamos quando não temos mais forças, só O vemos então... #triste

Agar estava morrendo e a salvação estava bem diante de si: uma fonte de água... Deus teve que abrir a visão dela para enxergar porque ela, como a maioria que sofre, não estava pensando, só sentindo.  Quando nos envolvemos demais com os nossos problemas, nos perdemos nos sentimentos e nas emoções que vem com eles e não se resolve problema com emoção e sim razão.

A novela Gênesis não só entretêm, ela abre a nossa visão sobre a vida, sobre nós mesmos, e os sábios que a acompanham estão mudando de vida. Obrigada Record TV pelo carinho de nos proporcionar um alento como esse em um mundo tão cruel, ingrato e enganador.

Últimas