Respostas para Nadi

“Talvez você esteja querendo ser quem você não é. Se permita ser livre Terá, se permita fazer o que você realmente tem vontade... Eu vejo você e o que eu vejo é o suficiente pra mim”, diz Nadi a Terá

Respostas para Nadi: "Terá precisa deixar de ser quem ele é, sim, para o seu próprio bem"

Respostas para Nadi: "Terá precisa deixar de ser quem ele é, sim, para o seu próprio bem"

Reprodução/Record TV

“Talvez você esteja querendo ser quem você não é. Se permita ser livre Terá, se permita fazer o que você realmente tem vontade... Eu vejo você e o que eu vejo é o suficiente pra mim...” Por Nadi, a típica amante que se faz de boazinha e perfeita, para um marido frustrado com as imperfeições de seu casamento.

O adultério tem essa pegada, igualzinha aquele fruto proibido lá do jardim do Éden: à primeira vista, parece perfeito e prazeroso, até que depois da primeira mordida, vem a dor de barriga, a culpa, a obsessão, as mentiras, o caráter e os nomes mais sujos que pau de galinheiro.

Então aqui vai a resposta à senhorita Nadi:

- Terá precisa deixar de ser quem ele é, sim, para o seu próprio bem e de todos que ele ama! Essa ambição dele está acabando com a sua família!

- Não, Terá não pode se permitir ser livre. Essa liberdade a que você se refere é traiçoeira. Deixá-lo se esforçar para ser melhor é o mínimo que ele deve a si mesmo.

- E o que você consegue ver em Terá é o suficiente pra você porque só vê o lado bom dele... Espere até morar com ele pra ver só!

Últimas