Vau de Jaboque

"Jacó ainda vivia preso ao seu passado e mesmo tendo a benção de seu pai Isaque, ele não tinha segurança alguma para voltar para casa e dar continuidade à tal benção"

Enquanto não se passa pelo Vau de Jaboque, não se livra do passado

Enquanto não se passa pelo Vau de Jaboque, não se livra do passado

Blad Meneghel/Record TV

No capítulo desta segunda-feira (23), você vai ver o maior evento da vida de Jacó, que aconteceu no Vau de Jaboque. Sim, Jacó já tinha sonhado com uma escada em que anjos desciam e subiam em Betel e ouvido Deus lhe fazer várias promessas. Ele também prosperou além do normal em Padã-Harã, mesmo tendo trabalhado como escravo por quatorze anos e sido enganado pelo seu sogro Labão dez vezes. E por último, Deus lhe deu uma visão do exército de anjos que estava à sua disposição.

Em todas essas vezes, Jacó apreciou a interferência de Deus e foi fiel aos seus votos com Ele. No entanto, Jacó ainda vivia preso ao seu passado e mesmo tendo a benção de seu pai Isaque, ele não tinha segurança alguma para voltar para casa e dar continuidade à tal benção.

Assim também acontece com muitos que creem em Deus. Já viram e até experimentaram os sinais de Deus, mas como Jacó, continuam presos ao passado com suas inseguranças, traumas, medos, rancores e mágoas.

Enquanto não se passa pelo Vau de Jaboque, não se livra do passado, mesmo que o presente esteja indo muito bem. Isso porque é no Vau de Jaboque que se encontra Deus e é impossível continuar sendo a mesma pessoa depois disso. No Vau de Jaboque, Jacó se tornou Israel.

Últimas