Entrevistas Miguel Coelho fala sobre a responsabilidade de interpretar Jacó em Gênesis

Miguel Coelho fala sobre a responsabilidade de interpretar Jacó em Gênesis

Ator comentou parceria com atores Cirillo Luna e Petrônio Gontijo e a preparação para a nova fase da novela

  • Entrevistas | Raíza Chaves, do site oficial*

Miguel Coelho interpreta Jacó na novela Gênesis

Miguel Coelho interpreta Jacó na novela Gênesis

Blad Meneghel/ Record TV

A nova fase da novela Gênesis vai mostrar a trajetória de Jacó, interpretado por Miguel Coelho, marcada por conflitos, transformação e superação. A partir de agora, o público vai acompanhar como o filho de Isaque (Guilherme Dellorto/​Henri Pagnoncelli) e Rebeca (Bárbara França/Martha Mellinger) se tornou pai de uma nação.

Em entrevista ao site oficial, o ator Miguel Coelho comentou sobre a importância de Jacó na carreira dele. Para o ator, é uma grande responsabilidade interpretar um personagem tão emblemático e humano.

"Jacó acertou e errou muito, aprendeu e teve experiências absolutamente fantásticas. Desde o primeiro dia que soube que faria Jacó, por saber um pouco da história, já fiquei com isso na cabeça: 'vou ter uma cena com Deus'", contou.

Totalmente opostos, Jacó e Esaú brigam desde o ventre da mãe. Enquanto o mais velho é forte e caçador, o outro é mais pacato e gosta de cozinhar. Até mesmo pelas habilidades do personagem, Miguel Coelho contou que, durante a preparação para a novela, precisou fazer aulas de cozinha com a atriz Barbara França, que interpretou Rebeca na quinta fase, para conhecer os costumes da época.

Irmãos Jacó (Miguel Coelho) e Esaú (Cirillo Luna) vivem conflitos

Irmãos Jacó (Miguel Coelho) e Esaú (Cirillo Luna) vivem conflitos

Blad Meneghel/Record TV

No entanto, o ator destacou ter se identificado com outras características do personagem:

"Sou da roça e meu sonho é voltar para roça um dia. Jacó é um pastor de ovelhas e adoro. Nem precisou de treinamento, eu já conhecia o manuseio dos animais", disse.

Bastidores

Se em cena os irmãos enfrentam conflitos, a relação nos bastidores entre os atores Miguel Coelho e Cirillo Luna, que não se conheciam antes da novela, é bem diferente. Miguel contou ter construído uma amizade com o colega de trabalho e não poupou elogios.

"Conheci Cirillo no teste e ali já chamou a atenção. É um cara muito do bem e que chega pronto. Ele é um presente, porque virou um amigo e é um cara fantástico. Vai surpreender muito porque é um personagem difícil de fazer. Esaú é absolutamente diferente de Jacó", contou.

Outra curiosidade é que o ator Miguel Coelho vai dividir o personagem Jacó com o colega Petrônio Gontijo. Para ele, a notícia trouxe ainda mais responsabilidade para o trabalho.

"Petrônio é uma referência, não só como profissional. Ter a oportunidade de dividir o personagem com esse cara é um presente, aprendo muito.  Ele é muito parecido comigo também em relação aos estudos. Petrônio veio ver cenas minhas e fiquei muito preocupado. Ele foi um querido, disse que estava ótimo e fiquei lisonjeado", comentou.

Continue acompanhando a história de Jacó em Gênesis, de segunda a sexta, às 21h, na Record TV. Aos sábados, no mesmo horário, vão ao ar os melhores momentos da semana. As íntegras dos capítulos, assim como cenas extras, estão disponíveis no PlayPlus.

*Sob supervisão de Bruna Oliveira 

Últimas