Entrevistas Saudade dos mozinhos! Adriana Garambone comenta sucesso de Sara e diz que virou telespectadora de Gênesis

Saudade dos mozinhos! Adriana Garambone comenta sucesso de Sara e diz que virou telespectadora de Gênesis

Em entrevista ao site oficial, atriz escolheu cenas favoritas, revelou ter se emocionado com a morte da personagem e relembrou musicais

  • Entrevistas | Bruna Oliveira, do site oficial

Casal Abraão (Zécarlos Machado) e Sara (Adriana Garambone) conquistou o público

Casal Abraão (Zécarlos Machado) e Sara (Adriana Garambone) conquistou o público

Record TV / Edu Moraes

Feliz com o sucesso da superprodução Gênesis e a repercussão da personagem Sara, a atriz Adriana Garambone se engajou, pela primeira vez, nas redes sociais e passou a dividir com o público, até mesmo após a participação na quinta fase da novela, fotos e curiosidades de bastidores deste trabalho marcante na Record TV.

A história de fé e amor de Abraão (Zécarlos Machado) e Sara (Adriana Garambone) encantou o público e muitos fãs comentam que sentem saudades dos "mozinhos", como carinhosamente o casal se chamava na novela.

"Acho que Sara é muito querida pelo amor dela por Abraão e pela dedicação, companheirismo, respeito e amizade. Eles são um casal exemplar. Acho que foi o que conquistou o público. Um casal difícil de se ver nos dias atuais, mas é o que, até hoje, todo mundo está em busca", comentou Garambone.

Cena do parto de Isaque emocionou atriz Adriana Garambone

Cena do parto de Isaque emocionou atriz Adriana Garambone

Record TV/ Blad Meneghel

Com dificuldades para engravidar, Sara sofreu por muitos anos e, apesar de sempre ter acreditado no chamado de Deus para que Abraão fosse o grande patriarca, ela, em alguns momentos, não confiou que poderia gerar um filho - promessa que se cumpriu na velhice.

A atriz ressaltou que a trajetória proporcionou um grande aprendizado para a personagem:

"Sara, inicialmente, não tinha tanta fé e, por isso, cometeu alguns erros, e o maior deles foi ter convencido Abraão a se deitar com Agar [para gerar um herdeiro], só que ela percebeu o tamanho do erro e se arrependeu. E, como ele tinha uma fé muito grande, ela foi aprendendo e virou um exemplo de fé também. Como Abraão se tornou o pai de todas as nações, ela virou a mãe de todas as nações. É muito lindo".

Em entrevista ao site oficial, Adriana Garambone relembrou como foi finalizar este trabalho e assistir à cena da morte de Sara, cercada pelas pessoas que tanto amava, principalmente, ao lado do grande amor Abraão e do tão sonhado filho Isaque (Guilherme Dellorto).

Garambone destacou a importância de Sara na carreira

Garambone destacou a importância de Sara na carreira

Record TV / Edu Moraes

"Para eu me emocionar com cenas minhas, é muito difícil, porque sou muito crítica, fico vendo de uma maneira profissional. Mas me emocionei muito, porque realmente me envolvi demais nessa história. A todo momento, sabia a importância desta personagem na minha vida e na vida das pessoas que estavam assistindo. Isso passou para cena, essa emoção de estar vivendo essa personagem. Foi muito forte a morte dela e, ao mesmo tempo, muito linda porque ela morreu feliz. Assisti com essa mistura de atriz e telespectadora e também dividindo com o público, acompanhando pelo Twitter", disse a atriz, que destacou a parceria com Guilherme Dellorto e Zécarlos Machado, elogiado pela sensibilidade.

Cenas marcantes

Conflitos surgiram depois que Agar gerou filho de Abraão

Conflitos surgiram depois que Agar gerou filho de Abraão

Record TV/ Blad Meneghel

A pedido do site oficial, Garambone escolheu três momentos marcantes de Sara na novela. Além do parto e do sacrifício de Isaque, a atriz destacou a cena do perdão a Agar (Hylka Maria), depois que a serva fugiu em meio aos conflitos que surgiram em razão do pedido para gerar um herdeiro para Abraão.

"Para mim, o perdão é um dos aprendizados mais importantes. O ser humano é muito rancoroso e fica magoado. Acho que o perdão é a maior benção. Quando você perdoa, você está limpando a história, você está se perdoando também e dando a chance de uma nova história começar. Ali, ela deu a chance para Agar começar uma nova história e para ela também", analisou a atriz.

Musicais, um capítulo à parte

Versátil, a atriz Adriana Garambone, que estuda canto e já estrelou musicais, falou também sobre a satisfação em apresentar números deste gênero pela primeira vez na TV, entre eles As Tecelãs.

"As pessoas curtiram muitos números. A gente trabalhou bastante para que ficasse bem natural e para que o público entendesse que era Sara cantando. Nunca deixei de ter isso em mente, fazer bem suave e dentro da personagem. Foi muito bom porque pude usar esse lado de musicais que em novela, até hoje, nunca tinha acontecido".

Quarta novela bíblica

Após grandes sucessos na Record TV - Yunet (Os Dez Mandamentos), Amitis (O Rico e Lázaro) e Adela (Jesus), a atriz Adriana Garambone deixa sua marca em mais uma novela bíblica.

"É impressionante, quando a história é forte, a gente é arrebatado por ela. Fiquei muito feliz em fazer essa novela, me senti honrada de fazer Sara", afirmou a atriz.

E, mesmo depois de encerrar as gravações, a atriz continua ligada na novela, de segunda a sexta, às 21h, acompanhando todos os capítulos na Record TV, agora como telespectadora:

"Estou muito curiosa, querendo ver o trabalho dos meus colegas que estão entrando, como Gui Dellorto [Isaque] e Petrônio Gontijo, que vai fazer Jacó. Então, vou assistir à novela até o fim".

Últimas