Novidades Da escolha ao significado: entenda a origem dos nomes bíblicos

Da escolha ao significado: entenda a origem dos nomes bíblicos

Teólogo explica por que Abrão se transforma em Abraão ao longo da vida

  • Novidades | Juliana Lambert, do site oficial

Os nomes estavam atrelados ao significado ou a um projeto de vida  para a pessoa

Os nomes estavam atrelados ao significado ou a um projeto de vida para a pessoa

Divulgação/Record TV

Os fatores que influenciavam a escolha do nome do filho na região do antigo Oriente Médio eram bem diferentes daqueles que estamos habituados hoje. “Esses nomes não eram escolhidos pela sonoridade ou porque eram bonitinhos, como a gente faz aqui no Ocidente. Geralmente, estavam atrelados ao significado e poderiam estar relacionados a algum fato do nascimento ou a um projeto de vida, um desejo para aquela pessoa”, explica Rodrigo Silva, teólogo e arqueólogo, que também é consultor da novela Gênesis.

Terá, pai de Abrão, passou a vida tentando provar que não se resumiria ao significado de seu nome, que representa “atraso”. Naquela época, muitos acreditavam que deveriam conhecer o nome antes mesmo da própria pessoa.

Rodrigo esclarece como acontece a mudança do nome ao longo da vida. Em Gênesis, o público vai perceber que o filho de Terá nasce Abrão, mas se transforma em Abraão: “Quando uma pessoa muda radicalmente de vida e situação, ela muda de nome. Por isso que Abrão (Abram), cujo significado é pai de um povo, muda depois para Abraão, que é pai de um grande povo”.

O especialista revela que dar o nome para uma pessoa ou mudar seu nome significa ter autoridade sobre ela: “Relembrando a novela O Rico e Lázaro, é por isso que quando Daniel e seus companheiros vão parar na Babilônia, o rei Nabucodonosor muda os nomes deles para nomes relacionados a deuses da locais”, diz.

Conheça alguns signficados de alguns nomes bíblicos:

Últimas