Gênesis Responde Deus não fala para Abrão abandonar a parentela? Por que todas aquelas pessoas foram com ele?

Deus não fala para Abrão abandonar a parentela? Por que todas aquelas pessoas foram com ele?

Naquela época, o significado para família e parentela era bem diferente do que usamos hoje

Naquela época, o significado para família e parentela era bem diferente do que usamos hoje

Reprodução/Record TV

Deus não fala para Abrão abandonar a parentela? Por que todas aquelas pessoas foram com ele?

Quando Deus chama Abrão, diz: “Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei” (Gên. 12:1).

O significado para família e parentela, neste contexto, é bem diferente do que usamos hoje. Naquele período existia o que os historiadores chamam de família extensa. A família extensa era composta por um patriarca (chefe da família e que representava a todos que vivia sob seu comando), filhos e filhas, esposas, noras, netos. Também era considerado parte da família os servos e servas, ou seja, todos que faziam parte daquela comunidade. O normal é que o filho mais velho se tornasse o novo patriarca após a morte do pai e que seus irmãos mais novos passassem a ficar sob sua tutela. 

No caso de Abrão, Deus ordenou que ele rompesse com esse ciclo familiar e constituísse uma nova família, sendo ele o novo patriarca do grupo. Todos os que seguiram Abrão, automaticamente deixaram de pertencer a família de Terá e passaram a fazer parte da família/parentela de Abrão. 

Imagine se Abrão permanecesse na casa de seu pai? Toda a família de Terá era idólatra. Eles não aceitariam a sua fé. Ouvindo, portanto, a voz de Deus, Abrão deixou a sua terra, a casa de seu pai e demais parentes, e apenas foi com ele seu sobrinho Ló e seus servos (já que era um homem rico e que tinha muitas pessoas a seu serviço). Certamente estes se sujeitaram, pelo menos inicialmente, à mesma fé que o patriarca, já que o seguiram nessa jornada sem destino, completamente pautada na crença de Abrão, confiando e respeitando, assim, o seu chamado.

Últimas