Gênesis Responde Existia competitividade entre os reis e sacerdotes naquela época?

Existia competitividade entre os reis e sacerdotes naquela época?

A história da Mesopotâmia como um todo foi moldada por conflitos e lutas

A história da Mesopotâmia como um todo foi moldada por conflitos e lutas

Reprodução/Record TV

Assim como Morabi, que fez de tudo para tomar o lugar de Kissare, existia competitividade entre os reis e sacerdotes?

Sim, havia e muito. O antigo estado mesopotâmico e a história da Mesopotâmia como um todo foram moldados por conflitos e lutas.

Os reis da Mesopotâmia não eram todo-poderosos, pois suas influências eram contidas pelos poderes locais e por outras instituições que surgiam quando o poder central se enfraquecia de alguma forma.

Os sacerdotes eram quem equilibravam esse jogo e, por muitas vezes, competiam entre si ou com o próprio rei.

Um exemplo é o do rei Urukagina de Lagash (atual cidade de Tello, no Iraque) que reinou no século 24 a.C. Para limitar o poder do templo e de outros proprietários de terras influentes, ele confiscou grandes extensões de terras agrícolas e as dedicou ao deus Ningirsu e à deusa Ba'u.

Embora essas terras estivessem “em posse desses deuses”, elas eram administradas por Urukagina e sua família.

Urukagina se apresentava como um rei/sacerdote que só cuidava das terras dos deuses na ausência deles. A ideia da administração divina tornou-se um tema comum na história da Mesopotâmia e, como tal, teve uma profunda influência nas disputas políticas daquela época.

Últimas