Por que Amat não se separou de Terá?

A separação iria trazer consequências graves para Amat

A separação iria trazer consequências graves para Amat

Reprodução/Instagram

Por que Amat não se separou de Terá?

Naquela época e circunstância, a separação não era como é hoje, feita aparentemente de forma “simples” onde, depois, tanto o homem quanto a mulher poderiam seguir em frente e refazer suas vidas... A separação iria trazer graves consequências para Amat, muito mais do que danos emocionais para ela e seus filhos, também colocaria a vida de todos em risco.

Primeiramente, para expressar o desejo de se separar de Terá, ela teria de alegar o motivo, que, no caso, seria traição. Consequentemente, tanto Terá quanto Nadi também seriam condenados. Logo, Amat se veria sozinha em Ur dos Caldeus, sem apoio, com má reputação, sem uma fonte de renda e ainda com dois filhos para cuidar. Voltar com eles para sua cidade natal e a casa de seu pai também era praticamente impossível, visto que o trio seria alvo fácil de saqueadores, assassinos e outros tipos de criminosos com os quais poderiam se deparar no longo caminho. Inclusive, como estavam bastante vulneráveis, também poderiam ser vítimas de mercadores de escravos, que os levariam para comercializá-los. Até mesmo correriam o risco de encontrar animais selvagens e ferozes, e é óbvio que uma mulher com duas crianças não seria capaz de se defender deles...

Logo, Amat se viu numa situação realmente complicada, e não teve outra escolha a não ser permanecer com o marido para proteger os filhos e a si mesma de um destino incerto e extremamente perigoso.

Últimas