Veja 5 passos para organizar sua vida financeira

A independência financeira de trabalhadoras domésticas é importante para a realização de sonhos

Economizar, mesmo que pouco, é uma forma de começar hoje a viver um futuro melhor

Economizar, mesmo que pouco, é uma forma de começar hoje a viver um futuro melhor

Reprodução/Freepik

Economizar pode parecer uma tarefa bastante difícil para a maior parte das pessoas, mas muitas vezes a dificuldade em poupar dinheiro acontece por falta de organização da vida financeira. Sem o controle de todos os recursos que entram e saem da conta, é bem provável que os gastos ultrapassem os ganhos, no entanto, administrar isso não precisa ser um problema.

Uma das melhores formas de entender a importância de economizar é pensar no futuro. Quais são seus planos para o futuro? O que você sonha? Provavelmente você precise de dinheiro para realizar tudo isso, então, economizar é uma forma de dar o primeiro passo.

Ter independência financeira também é fundamental para quem quer realizar sonhos, mas para que ela aconteça e o trabalhador tenha sua fonte de renda, sua profissão deve ser reconhecida e seus direitos respeitados. Foi com esse propósito que a marca Veja® criou o programa Veja com o Coração, que tem como objetivo dar visibilidade ao problema social enfrentado por muitas trabalhadoras domésticas brasileiras, bem como promover qualificação socioprofissional e contribuir com a conscientização da sociedade sobre a importância e desafios da categoria. Dessa forma, as trabalhadoras brasileiras podem ser valorizadas, receberem seus salários corretamente e tornarem-se mulheres independentes na vida financeira.

Com seus direitos trabalhistas respeitados e salário em dia, você pode economizar para alcançar seus sonhos. Veja a seguir 5 passos para administrar melhor seu orçamento.

PASSO 1: Saiba exatamente quanto você ganha e o quanto gasta
Só é possível resolver um problema quando você sabe onde ele está. Anote tudo o que você ganha como salário ou outras fontes de renda extra e também os seus gastos fixos como moradia, transporte, alimentação, saúde, educação, pagamento de dívidas e lazer. A partir disso, questione se dá para reduzir em algum ponto, se existem gastos desnecessários e a partir de então você poderá usar melhor o dinheiro que eventualmente for economizado.

PASSO 2: Enfrente suas dívidas como puder
Fingir que uma dívida não existe não é um bom negócio. Se sobra algum dinheiro, mas você tem dívidas em aberto, então, na verdade, esse valor está comprometido. Procure o banco ou instituição a qual você deve para fazer um acordo, negociar valores, redução de juros ou dividir em prestações. Assim, você abre o caminho para, de fato, economizar.

PASSO 3: Defina também seu orçamento
Assim que você tiver uma visão mais detalhada do que entra e sai da sua conta bancária e das eventuais dívidas, vai saber como é seu orçamento mensal, e partir daí pode calcular quanto dinheiro usa em cada necessidade essencial. Com uma visão privilegiada, você pode diminuir seus gastos e fazer melhor no mês seguinte.

PASSO 4: Descubra quais habilidades podem melhorar seu orçamento
Se a forma mais comum de ganhar dinheiro e melhorar o orçamento é por meio do trabalho, então que tal descobrir suas habilidades que podem gerar renda? Pequenos reparos de costura, serviços como cozinheira ou cuidados especializados com as plantas podem melhorar seu salário ou abrir as portas em outros locais. Use seu conhecimento a seu favor!

PASSO 5: Guarde o dinheiro, mesmo em pouca quantia
Como falamos acima, se você tem sonhos, então se prepare para realiza-los. Comece guardando dinheiro, mesmo em pouca quantia. Faça disso um hábito para seus dias e, quando perceber, terá juntado uma quantidade que não pensava ser possível.

Para saber mais sobre organização financeira, baixe o e-book Cuidando de Quem Cuida, de Veja Com o Coração e o R7.

Últimas