Golpe do emprego: empresas criminosas vendem cursos com falsa promessa de contratação

O roteiro do golpe é quase sempre o mesmo. O candidato é aprovado para a vaga, mas precisa passar por um curso antes de iniciar o trabalho. O curso é pago. A vaga não existe. Vários jovens, que sonham com o primeiro emprego, foram vítimas desse tipo de estelionato. De acordo com o Procon de São Paulo, no primeiro semestre deste ano foram registradas 4.040 reclamações contra cursos livres. Promessas de emprego não cumpridas estão entre os principais problemas relatados. Veja dicas para escapar do golpe.