Hoje em Dia Interpol busca esposa de suspeito preso por chefiar esquema ilegal de criptomoedas

Interpol busca esposa de suspeito preso por chefiar esquema ilegal de criptomoedas

A Igreja Universal do Reino de Deus tem alertado o público e as autoridades de golpes disfarçados de investimentos e sobre suspeitas de pirâmide financeira

A Interpol, polícia internacional, entrou nas buscas pela esposa de Glaidson Acácio dos Santos, que foi preso acusado de chefiar um esquema ilegal de criptomoedas no Rio de Janeiro. A venezuelana Mirelis Yoseline Diaz Zerpa, de 38 anos, é apontada pela Polícia Federal como sócia do marido na fraude financeira. A suspeita é de que ela esteja nos Estados Unidos. A Igreja Universal do Reino de Deus tem alertado o público e as autoridades de golpes disfarçados de investimentos e sobre suspeitas de pirâmide financeira. Em nota oficial divulgada na última segunda-feira (30), a instituição explica ter tomado essa atitude "porque tem ciência de que um dos alvos destas pirâmides financeiras são as pessoas de boa fé, especialmente das comunidades evangélicas".

Últimas