Loja não entrega móveis e Celso Russomanno chama a polícia

Jaciene Queiroz comprou um armário e três poltronas em uma loja de móveis, em São Paulo. No entanto, a auxiliar de enfermagem recebeu os produtos pela metade e se revoltou ao ser "enrolada" pela empresa. Por isso, ela pediu ajuda à Patrulha do Consumidor e o caso envolveu até a polícia. Acompanhe.