Hoje em Dia Menino que comeu marmita envenenada segue internado após um ano

Menino que comeu marmita envenenada segue internado após um ano

Revolta ainda é grande, mas é o resgate, ainda lento, do sorriso do garoto que dá ânimo à família para reconstruir a vida

Há um ano, todos nós fomos surpreendidos por um ato de crueldade com graves consequências. O caso das marmitas envenenadas, distribuídas a pessoas carentes em Itapevi, na Grande São Paulo. Um crime ainda sem explicação, que deixou dois mortos e gente com graves sequelas. Fábio tinha 11 anos e só queria matar a fome com a comida que o pai ganhou na rua. Mas, intoxicado por veneno de rato, acabou no hospital onde permanece até hoje. A revolta ainda é grande, mas é o resgate, ainda lento, do sorriso do garoto que dá ânimo à família para reconstruir a vida.

Últimas