Plano de saúde recusa cliente com síndrome de Down

Maria de Fátima vive um drama para garantir o atendimento médico para filha durante a pandemia do coronavírus. A auxiliar de limpeza tentou fazer um plano de saúde para a bebê, de 11 meses, mas o convênio recusou quando descobriu que a menina é portadora da síndrome de Down. Celso Russomanno entrou no caso para ajudar a consumidora. Para assistir ao Hoje em Dia na íntegra, acesse PlayPlus.com