Hoje em Dia Preso injustamente por dois anos, pedreiro é libertado e reencontra a família

Preso injustamente por dois anos, pedreiro é libertado e reencontra a família

Robert Medeiros da Silva Santos ficou preso por 25 meses, acusado de ter cometido dois assaltos a ônibus em São Paulo e só foi preso depois que uma testemunha o identificou dois meses após o crime. Mesmo que Robert negasse que teria participado dos crimes, para a justiça, o fato do rapaz ter sido reconhecido já foi o bastante para mantê-lo preso. Com a ajuda da ONG Innocence, Robert conseguiu provar que não tinha cometido os crimes, foi libertado e pode reencontrar a família.

Últimas