Restaurante e bares poderão doar alimentos que não forem comercializados

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto que regulamenta a doação de alimentos que os bares, restaurantes e supermercados não conseguem vender. O texto, aprovado pelos deputados, estabelece que os produtos deverão estar no prazo de validade e bem conservados. Se as regras forem cumpridas, os doadores não poderão ser responsabilizados, caso alguém passe mal. Só haverá punição, na esfera penal, se ficar comprovado que o doador teve a intenção de provocar danos à saúde de outra pessoa, entregando produtos que não estejam de acordo com as normas sanitárias. Como foram feitas alterações, o texto volta para o Senado. Para assistir ao Hoje em Dia na íntegra, acesse o PlayPlus.com