Com ajuda de exoesqueleto, pacientes com paralisia total voltam a movimentar as pernas

O anúncio surpreendente foi feito nesta quinta (11), na revista Nature, uma das publicações científicas mais conceituadas do mundo. De acordo com a equipe de pesquisadores, liderada por um brasileiro, além de recuperar os movimentos das pernas, os pacientes voltaram a ter sensibilidade e a controlar as funções do intestino e da bexiga com a ajuda do 'equipamento'. O resultado inédito enche de esperanças quem sofre as consequências de lesões na medula.