Joesley Batista deixa cargo de presidente do conselho administrativo da JBS

O empresário está nos Estados Unidos para onde viajou depois de firmar acordo com o Ministério Público. A delação premiada, que deu perdão judicial ao empresário, é alvo de críticas por parte de magistrados e especialistas no assunto. A delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista foi homologada pelo relator da Operação Lava Jato o ministro Edson Fachin. Gilmar Mendes deixou claro que o plenário do Supremo Tribunal Federal deveria ter dado a palavra final sobre o acordo. Entidades e especialistas criticaram os termos do acordo por não ser tão rigoroso como os que foram fechados até agora.