Jovem desenvolve pulseira que dá mais autonomia e segurança para cegos

Luan, um jovem de apenas 22 anos, desenvolveu o protótipo como trabalho de conclusão do curso técnico em eletroeletrônica de uma escola pública de Rio Claro, no interior de São Paulo. A pulseira possui sensores que detectam possíveis riscos que estão acima da cintura, já que com a bengala os deficientes visuais detectam apenas o que está da cintura para baixo. Por enquanto, o equipamento serve apenas para testes, mas Luan faz planos para investir na inovação. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com