Pesquisadores de universidade de SP desenvolvem prótese facial de baixo custo

Os pesquisadores desenvolveram uma prótese facial que custa vinte vezes menos que as tradicionais. O projeto usa um aplicativo de celular para moldar o rosto do paciente, que ganham mais qualidade de vida.