Jornal da Record Pesquisadores gaúchos desenvolvem técnica contra articulações atrofiadas

Pesquisadores gaúchos desenvolvem técnica contra articulações atrofiadas

Pacientes com a mucopolissacaridose tipo 1, conhecida como MPS, têm uma alteração no DNA que impede a produção da proteína responsável pela eliminação de açúcares no organismo. Como consequência, o acúmulo provoca os sintomas da doença, que são as articulações atrofiadas. Pesquisadores do Hospital de Clínicas de Porto Alegre conseguiram substituir os genes defeituosos por uma nova sequência perfeita. Trata-se de uma técnica que pode reduzir muito ou até prevenir os sintomas da MPS. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com

Últimas